Recuperação de crédito

Devido a economia instável, aliado a demais fatores, o número de inadimplência e endividamento aumentou consideravelmente no último ano, chegando à 63,2 milhões de consumidores*.
No entanto, na maioria das vezes, as empresas não possuem pessoal especializado apto a reaver valores e efetuar negociações. 

Os serviços de recuperação de crédito tem a finalidade de reaver os débitos em aberto, lançando mão de medidas extrajudiciais e judiciais, desde a simples notificação ao devedor para que o quite, até sua cobrança em juízo.

Sem êxito na negociação extrajudicial, é possível acionar judicialmente o devedor com a utilização dos meios de cobrança e execução, podendo atingir bens e valores, através de bloqueios de contas bancárias, investimentos, busca de veículos e imóveis. Nestas ações, inclusive pode haver a imposição ao pagamento de custas processuais e honorários advocatícios também pelo devedor, uma vez que foi seu inadimplemento que deu causa ao processo.

Contudo, há prazos para que a cobrança seja iniciada. O credor deve ficar atento e exercitar seus direitos com brevidade.

* Fonte: Mapa da inadimplência e renegociação de dívidas no Brasil - Dezembro/2021 -  Serasa

Recuperação de crédito



Compartilhe